Propostas

SAÚDE

Aqui você pode ter acesso a todas nossas propostas na área da saúde.

1) DIMINUIÇÃO DOS IMPOSTOS PARA MEDICAMENTOS - O Brasil está em primeiro lugar no ranking dos países que possuem maior carga tributária sobre os medicamentos em todo o mundo. O índice de tributação por aqui está na casa dos absurdos 33%. Com a diminuição de impostos , possibilitará um maior acesso a tratamento de saúde, além de sua continuidade para população que necessita dos medicamentos para tratamentos de doenças crônicas.

2) IMPLEMENTAR NO SUS O ACOMPANHAMENTO PSICOLÓGICO PARA MULHERES VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA - O Acompanhamento Psicológico para mulheres vítimas de violência é de extrema importância e necessidade. A lei Maria da Penha busca inibir a violência domestico, porém, muitas mulheres ainda sofrem dentro dos próprios lares. Por isso o acompanhamento Psicológico dará um apoio necessário,. à mulheres e possibilitará a superação da situação de violência intrafamiliar e busca de bem estar psicossocial a partir do surgimento de uma rede de apoio.

3) A TIPIFICAÇÃO NO CÓDIGO PENAL DO CRIME DE VIOLÊNCIA OBSTETRÍCA - A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 confere, em seu art. 6º, direito à saúde, ao lazer, a proteção à maternidade e à infância e à convivência familiar, a todos os brasileiros. O parto é o momento em que se identifica a consonância de direitos de várias naturezas: direitos humanos, à saúde e de proteção à maternidade. No entanto, é neste instante especial na vida da mulher e das famílias que ocorre um dos mais revoltantes tipos de violência, a violência obstétrica. Portanto, enrijecer a legislação para que a prática da violência obstétrica seja inibida e gere penalidades para aqueles que a pratiquem.

4) A RETOMADA DOS MULTIRÕES DA SAÚDE - A falta de estrutura na saúde em diversas cidades do Brasil e principalmente em Goiás, impedem desde cuidados preventivos com a saúde, a tratamentos de saúde básicos, portanto, os mutirões facilitarão o acesso da população a consultas e exames, fortalecerão a saúde preventiva.

5) TREINAMENTOS E INCENTIVOS PARA OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE - Iremos investir em mais treinamentos para os profissionais de saúde, para que possam oferecem um atendimento humanizado, além disso iremos instituir adicionais de produtividade e melhor atendimento.. Já é comprovado que profissionais mais valorizados oferecem melhores serviços e cuidados.

6) TELEMEDICINA - Criação no Sistema Único de Saúde do Telemonitoramento: monitoramento de parâmetros de saúde ou doença à distância; Teleorientação: orientação e encaminhamento de pacientes à distância evitando longas filas.

7) DEMOCRATIZAÇÃO DA CANNABIS MEDICINAL - A Cannabis é capaz de tratar inúmeras doenças, porem, a população carente não consegue ter acesso a esse medicamento, sendo importante para doenças como: síndrome de Down, autismo, câncer, epilepsia, entre outras aplicações. Atualmente, só as pessoas mais ricas conseguem comprar esse medicamento. Queremos avançar no barateamento do remédio e disponibilizá-lo no SUS, já que as pessoas que mais são afetadas por essas doenças estão nas periferias!